16 fevereiro 2007

Remédio contra impotência sexual salva a vida de recém-nascido

EFE
Em Londres

O medicamento contra impotência sexual sildenafil, popularmente conhecido pela marca Viagra, salvou a vida de um recém-nascido no nordeste da Inglaterra, depois de os médicos recorrerem a ele para facilitar a entrada de oxigênio nos pulmões do bebê.

Segundo a imprensa londrina, Lewis Goodfellow, que nasceu prematuro e com um peso de 680 gramas, tinha problemas para respirar porque não tinha oxigênio suficiente em sua corrente sangüínea.

Os médicos do hospital Royal Victoria Infirmary de Newcastle, ao nordeste da Inglaterra, recorreram ao Sildenafil, também conhecido como Viagra, que permitiu a abertura dos pequenos vasos sanguíneos dos pulmões de Lewis.

Os pais do recém-nascido, Jade Goodfellow e John Barclay, que asseguraram que a pílula tinha salvado a vida do bebê, tinham ficado tão preocupados que até planejaram o funeral, segundo a imprensa.

Jane disse aos meios de comunicação britânicos que os médicos tinham advertido que poderiam optar pelo Viagra como último recurso, mas destacaram que se tratava de um tratamento experimental.

"O problema que vemos em prematuros com dificuldades respiratórias é que, apesar de se poder fazer chegar oxigênio a seus pulmões para ajudá-los, não há fornecimento suficiente de sangue a várias áreas pulmonares capazes de levar oxigênio ao resto do corpo", disse o especialista em neonatologia Alan Fenton.

"O que o Sildenafil faz é dilatar os vasos sanguíneos de modo que possam captar o oxigênio e levá-lo a todo o organismo", acrescentou.

Lewis nasceu em agosto de 2006, mas só deixou o hospital em janeiro, segundo a imprensa britânica.

Um comentário:

Taís disse...

O mais impressionante é que o Viagra tem sido muito usado em bebês.Por ser vaso dilatador, é indicado para recém nascidos com problemas cardíacos, como é o caso do filhinho de uma grande amiga minha..
O difícil é o preço que se paga pelas pequenas azuis que, agora, também salvam vidas...

Taís