18 novembro 2009

Ex-aluno devolve livros para biblioteca da escola após 51 anos

Do UOL Tabloide* em São Paulo

Quem espera, sempre alcança.
Antes tarde do que nunca.
Antes tarde do que mais tarde ainda.
Dê tempo ao tempo.
Apressado come cru.

Parece que um antigo aluno de uma escola no Arizona (EUA) levou todos esses ditados a sério, afinal, ele devolveu dois livros à biblioteca de seu velho colégio 51 anos depois ter pego emprestado.

Com rara honestidade, ele incluiu junto aos livros US$ 1.000 (cerca de R$ 1.800) para cobrir as multas por atraso na devolução (e que atraso!). Georgette Bordine, a bibliotecária da escola, disse que ambos os livros foram retirados em 1959 e devolvidos agora por alguém que quis manter o anonimato. (O Editor do UOL Tabloide pergunta: será vergonha?)

Ela diz que a carta que acompanha os livros explica que a família do "devedor" mudou-se para outro Estado e os livros foram empacotados por engano. A carta diz que o dinheiro é para cobrir a multa de US$ 0,02 ao dia para cada livro, o que somariam US$ 745 (cerca de R$ 1.340), a quantia a mais seria no caso de o valor das taxas terem mudado.

Bordine disse que o dinheiro será usado para comprar mais livros para a biblioteca e que os livros devolvidos serão colocados em suas antigas prateleiras.

*Com informações do Metro.co.uk

Um comentário:

kikipedia disse...

o importante é estar com a consciência tranquila.