20 julho 2006

Cientistas calculam efeitos do pulo mundial

"The jump is over". Ou seja, "o pulo já foi", diz o site do World Jump Day, o pulo mundial e simultâneo de 600 milhões de pessoas, que foi marcado para acontecer simultaneamente às 7h39m13s desta quinta-feira (hora de Brasília).

Se desse certo, o planeta Terra estaria agora em outra órbita, mais distante do sol, menos aquecido e com dia de 32 horas. Não há nada, ainda, que diga se deu certo. Uma das razões para um possível fracasso pode ter sido a absoluta falta de sincronia dos puladores. "Eu pulei um minuto antes", declarou Marielza Paranhos, moradora em Brasília. "Eu não pulei nem acredito nisso", disse João Márcio Penido Troncelli, funcionário público, também de Brasília.

O site www.worldjumpday.org diz hoje esperar que todos os puladores tenham tido uma "boa aterrissagem". Eles estão calculando os resultados, que estarão disponíveis em breve. O site pede que as pessoas mandem fotos e vídeos dos pulos.

O evento tem o respaldo do ISA de Munique, na Alemanha, sob orientação do Dr. Hans Peter Niesward.

Retirado daqui

Um comentário:

disse...

Imagina só se resolvem inventar o "Dia do Pum Mundial"...ahahaha!
Beijos! O blog tá pra lá de bão, meninas...